Acessibilidade

Projetos

 

Premio Laureate Brasil - Jovem Empreendedor Social

Desenvolvido pela Rede Laureate para incentivar e premiar empreendedores sociais da região Nordeste, valorizando o seu trabalho e empenho na transformação social das comunidades em que moram. Conheça aqui o Prêmio:www.premiolaureatebrasil.com.br

GUATI - Programa Guararapes Terceira Idade

O Guati é uma proposta de Educação Permanente para pessoas a partir dos 40 anos, através da realização de cursos, oficinas e eventos, possibilitando ao participante a oportunidade de permanecer em constante aprendizado, estimulando o cérebro, exercitando o corpo e a mente.

FG Comunidade

O FG Comunidade é um centro de serviços gratuitos destinados à comunidade jaboatonense. Nele, está situada a clínica-escola da FG, o Núcleo de Prática Jurídica e o  Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF). A clínica-escola oferta serviços, realizados por professores e alunos, nas áreas de Psicologia, Nutrição, Fisioterapia, Educação Física, Enfermagem e Estética e Cosmética. Consultas, atendimentos, tratamentos e avaliações físicas e nutricionais são alguns deles. A prática jurídica possibilita a assistência jurídica para pessoas físicas e jurídicas de pequeno porte. Já o NAF, em parceria com a Delegacia da Receita Federal do Brasil no Recife, oferece orientação contábil e tributária gratuita a moradores de baixa renda, além de microempresas e entidades sem fins lucrativos de Jaboatão dos Guararapes. O atendimento é feito por alunos e professores, treinados por profissionais do órgão federal.

Núcleo de Prática Jurídica

O Núcleo de Prática Jurídica é laboratório do Curso de Direito que visa garantir que os alunos, a partir do quarto ano, tenham o conhecimento, a experimentação e a formação prática em suas atribuições como futuros profissionais do Direito.

Dentro da estrutura do CPJ funciona a) um escritório modelo de advocacia, prestando atendimento jurídico gratuito à comunidade carente do município de Jaboatão dos Guararapes e b) um núcleo mediação e práticas restaurativas.

O escritório modelo trabalha com processos judiciais contenciosos e voluntários de competência do Fórum da Comarca de Jaboatão dos Guararapes/PE (direito de família, das coisas, obrigações e sucessões, exceto a área criminal). No escritório modelo os alunos, supervisionados pelos professores, atendem a comunidade e verificam as características do conflito, podendo o caso ser encaminhado para mediação.

O núcleo de mediação e práticas restaurativas  trabalha sob a responsabilidade de professores mediadores, que conduzem ou supervisionam esses métodos e práticas de solução de controvérsias. Assim, além da possibilidade de ajuizamento, é oferecida a alternativa da mediação e, eventualmente, da arbitragem. Para maior envergadura do núcleo de mediação e práticas restaurativas, a FG firmou um Convênio com o Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco, do que resultou a implantação da Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem da FG, sob a supervisão de um magistrado com competência para homologar os acordos formalizados, dentre outras atribuições.

Convênios já firmados:

Funcionamento na FG de um Juizado Estadual Especial Criminal Universitário – janeiro/2006.
Funcionamento na FG de uma Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem janeiro/2010
Funcionamento na FG de um Juizado Estadual Especial Cível Universitário – previsão agosto/2014
Funcionamento na FG do Procon/Jaboatão – previsão agosto/2014

 

Ação FG

O AÇÃO FG busca colaborar com a missão institucional, que é contribuir para o desenvolvimento sustentável do Estado, através de uma formação humanística e técnico-científica, e o fortalecimento da cidadania do povo pernambucano.
O Ação FG é um projeto contínuo, que acontece ao longo do ano e tem sua culminância em setembro, no dia do voluntariado, geralmente no último sábado do mês de setembro, seguindo o calendário produzido pela ABMES. Diversas ações de atendimento à comunidade são realizadas neste dia.

Projeto Defensores e Defensoras dos Direitos à Cidadania

Realizado há seis anos na FG, o curso Defensores e Defensoras dos Direitos à Cidadania é fruto de uma parceria do Instituto Maria da Penha, Consulado Geral dos EUA e UniFG. A formação de 160 horas (80 destinadas à prática e 80 à teórica) trata do empoderamento da sociedade civil, ou seja, não apenas os universitários participam. Pessoas formadas e representantes de entidades como a OAB e o Ministério Público também são parte do público-alvo. História e Fundamento dos Direitos Humanos, Gênero e Violência, Inglês Aplicado para Direitos Humanos, Oratória e Ética Profissional são algumas das disciplinas trabalhadas no curso. Os certificados estão aptos a palestrar em instituições e criar workshops em escolas e outras entidades. Podem também prestar ajuda pessoal em momentos de desabrigo ou informando sobre locais de atendimento e denúncia.

Núcleo de Estudos de Gênero

O Núcleo de Estudos de Gênero busca aprimorar e desenvolver no espaço da Faculdade dos Guararapes os seguintes objetivos:

a) Promover ações educativas voltadas a informar a população pernambucana acerca dos direitos humanos e, em especial, da violência doméstica e familiar contra a mulher e dos seus meios de enfrentamento;

b) Sensibilizar os estudantes universitários da FG e a comunidade do município do Jaboatão dos Guararapes para o esclarecimento sobre os direitos humanos das mulheres vítimas de violência doméstica e familiar;

c) Implementar política de prevenção de violência doméstica e familiar contra a mulher, por meio de mecanismo pedagógico por parte do IMP em parceria com a FG.

Projeto Saúde em Foco

Em parceria com o Projeto Movimento Comunitário “Saúde para Todos“, da Associação Movimento Comunitário Muda Jaboatão, os estudantes participam da capacitação e prestação de serviços comunitários em saúde como: verificação de pressão arterial, HGT, IMC, limpeza de pele, higiene bucal, avaliação postural e orientação nutricional dentre outros.

Global Days of Service

Criado em 2006, o “Global Day of Services” começou como um único dia para Walden University docentes e alunos para participar de atividades em suas respectivas comunidades, proporcionando um dia de serviço para aqueles que necessitam. O movimento cresceu e agora inclui toda a rede Laureate International Universities. Na FG, são realizadas ações anuais com engajamento de alunos, professores e colaboradores.

Núcleo de Educação das Relações Étnico-Raciais

O Núcleo de Educação das Relações Étnico-Raciais (NERER) busca valorizar a história e cultura do povo brasileiro, com o intuito de recuperar mais de um século de distorções e distanciamento que resultou numa inconsistência na formação das identidades e relações étnico-raciais. Incentiva os (as) discentes e docentes no reconhecimento da história e cultura afro-brasileira, pautando que essa temática não se restringe a população negra, ao contrario, diz respeito a todos os indivíduos, principalmente porque educar para as relações raciais envolve a todos enquanto cidadãos que vivem numa sociedade multicultural e pluriétnica, capaz de construir uma nação democrática, mais justa e igualitária.

O NERER promove relações étnico-raciais baseada no respeito a diversidade e aos direitos humanos. O Núcleo se propõe a promover o desenvolvimento de valores, atitudes e práticas sociais que expressem a cultura étnica-racial e os direitos humanos na acadêmica e, também, na comunidade. Estimula a formação da consciência cidadã e política a respeito das diferenças e das diversidades, promovendo ações educativas de combate ao racismo e às discriminações. Busca o fortalecimento das práticas individuais e coletivas que favoreçam a promoção, proteção e defesa dos direitos humanos.