Acessibilidade
4 de abril de 2019 10:19

Biomedicina ganha nota máxima do MEC

Curso foi avaliado em três dimensões e a nota máxima foi divulgada no ano em que a primeira turma será formada.

 

Parte do quadro docente que ajudou o curso a conquistar a nota 5 no MEC.

 

Dezembro é o mês em que a UNIFG apresentará à sociedade os seus primeiros profissionais formados em Biomedicina e, certamente, este será um momento de muita comemoração. Mas não foi preciso esperar até o final do ano para que a comunidade acadêmica recebesse uma grande notícia. Esta semana, o curso obteve o conceito 5 do MEC, nota máxima na avaliação do órgão. “É um momento de felicidade, de gratidão a todos os alunos e às equipes acadêmica e administrativa que colaboraram para esse resultado”, afirmou o coordenador do programa e biomédico, Thiago Santos.

A avaliação do MEC conta com três dimensões que são divididas em (1) Organização didático-pedagógica, (2) Corpo Docente e Tutorial e (3) Infraestrutura. Nestas dimensões são incluídos os planos de ensino, a titulação do corpo docente, a atuação em projetos de extensão e iniciação científica, os laboratórios e as parcerias firmadas no âmbito do curso, entre outros elementos. “Cada dimensão é composta de vários indicadores, que são pontuados de um a cinco. Ao final é feito o cálculo para determinar o conceito do curso”, explicou Thiago Santos.

Para alcançar o resultado, a equipe vem trabalhando desde 2015, quando o projeto pedagógico para a oferta do curso foi implementado e aprovado pelo MEC. A primeira turma surgiu em 2016 e com ela um crescimento exponencial do programa que obteve adesão crescente de novos alunos. Para o coordenador, um dos motivos para a procura é a imersão em ambientes profissionais desde o início da formação.

As parcerias também são fundamentais. Atualmente, o curso tem convênios com importantes hospitais e laboratórios da região e os alunos frequentam importantes espaços com a Fiocruz-PE e Homope. “Esse resultado só nos inspira a trabalhar ainda mais pelo nosso curso, pela nossa instituição e, principalmente, pelo estudante”, finalizou Thiago.