Acessibilidade

Central do Candidato: (81) 4020-9085 / Central do Aluno: (81) 3461-5556 +

20 de novembro de 2019 17:23

Egresso da UNIFG é aprovado em mestrado na UFPE

Graduado em 2018 no curso de Psicologia, o egresso Aluísio Augusto Soares de Melo, após 6 meses de processo seletivo foi aprovado no mestrado da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Uma conquista marcante e especial para sua trajetória acadêmica. Estudante de escola pública durante todo o ensino médio, Aluísio faz parte da grande parcela de estudantes que, devido aos seus esforços, conseguem bolsas do ProUni com a notas do Enem para ingressar no ensino superior e conquistar o diploma de graduação.

Foi em 2014 que ingressou na UNIFG, na época ainda Faculdade dos Guararapes. “Sempre quis estudar psicologia pela minha vontade de ajudar pessoas em sofrimento e ajudar a desenvolver potencialidades”, relata. Durante sua graduação participou de atividades extracurriculares, com o propósito de ingressar no mestrado, pois já era um plano desde o 3º período da faculdade. “A UNIFG me incentivou através da iniciação científica com professores e orientadores que sempre acreditaram no meu potencial, incentivando a cursar o mestrado. Esse incentivo institucional me ajudou a me tornar um pesquisador”, o Aluísio Augusto.

Também participou de atividades de extensão como monitor acadêmico e pesquisador discente. Participou do Programa Institucional de Iniciação Científica – PIIC da UNIFG e, através do programa, produziu um artigo científico que o introduziu no campo da pesquisa acadêmica, o que também o ajudou no ingresso ao mestrado.

Sua trajetória foi marcada por várias outras conquistas. Ao final da graduação recebeu a notícia que seria o aluno Laureado do curso em 2018.2. “Ser reconhecido foi o que me deixou bastante feliz e entusiasmado, com gratidão ao meu comprometimento diante da profissão que escolhi trilhar”, disse Aluísio.

A seleção para o mestrado em Psicologia Cognitiva foi longa e contou com várias etapas. A primeira foi de análise das inscrições para comprovar se o aluno está apto e em dia com as documentações de formação, atividades extracurriculares e análise do histórico escolar. Já na segunda etapa foi feita uma aprova de língua estrangeira. A terceira e última etapa consiste em uma prova de conhecimentos específicos dentro da área de formação, com duas questões, sendo uma sobre processos teóricos e outra um projeto de pesquisa. Ao todo, o processo seletivo da UFPE durou de 5 a 6 meses, contando com cerca de 90 inscrições. Aluísio foi aprovado no processo com a nota de 7,646, sendo a nota final para aprovação 7. Para a área escolhida por ele, estavam disponíveis 16 vagas e ele ficou em 8º lugar.

“Optei por fazer mestrado pois tenho um interesse genuíno desde a formação. Meu objetivo é ser um pesquisador e professor. ‘Pesquisar para contribuir’ é o meu lema, uma bandeira que levanto e carrego para toda vida”, finalizou Aluísio, que buscar ajudar as pessoas através da pesquisa.