Acessibilidade
26 de setembro de 2017 12:33

FG assina convênio com a Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes

Alunos da Escola de Saúde, Educação e Hospitalidade poderão realizar estágios curriculares nos órgãos do município

Alunos da Escola de Saúde, Educação e Hospitalidade da Faculdade dos Guararapes agora poderão realizar os estágios obrigatórios em órgãos da Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes. A iniciativa, que vai beneficiar cerca de 100 universitários semestralmente, é fruto de convênio assinado pelo reitor da FG, Pierre Lucena, e o secretário de Projetos Especiais da prefeitura, Alex Gomes, na segunda-feira (18).

“Este é um convênio guarda-chuva, que engloba diversas parcerias. Esta, especificamente, é voltada para nossos estudantes de Saúde, o que é muito bom para eles, pois o estágio faz parte da grade curricular. Uma parte significativa das aulas, o universitário terá de desenvolver, acompanhado pelos seus preceptores, nas estruturas de saúde do município. Então, é uma parceria ganha-ganha. Boa para FG e também para a população de Jaboatão, que terá mais profissionais/estagiários apoiando os atendimentos e melhorando a qualificação dos serviços no município”, comemorou Lucena.

O secretário Alex Gomes pontuou que o convênio beneficia diretamente a cidade. “O que queremos é utilizar o conhecimento e o poder da Academia para transformar em melhor prestação de serviços para a população. Esta parceria dará ótimos frutos e será ampliada, pois estamos pensando em implantar Agências de Desenvolvimento Local, a fim de fortalecer a economia em todos as regiões de Jaboatão. Poderemos ainda utilizar os conhecimentos dos cursos de Engenharias e Arquitetura em prol das comunidades menos favorecidas. Enfim, temos uma série de ideias e projetos que desenvolveremos juntos e que trarão ótimos resultados”.

Entenda a parceria – FG e Prefeitura assinaram um convênio acadêmico que prevê a disponibilização de vagas, a princípio para alunos da Escola de Saúde, Educação e Hospitalidade, nos órgãos municipais para estágios curriculares. Ou seja, os próprios coordenadores dos cursos organizaram as vagas e o direcionamentos dos estudantes às vagas e locais de estágios. A ideia é ampliar o projeto para todas as Escolas da FG.