Acessibilidade
14 de setembro de 2017 18:56

FG sedia Palco Cinema do projeto Aldeia Yapoatan

A exibição dos filmes será nos dias 18 e 21 de setembro. Professores da instituição irão mediar debates sobre as temáticas abordadas

Será na FG que acontecerão as apresentações de filmes e debates do palco Cinema do projeto Aldeia Yapoatan. A instituição apoia a ação que está na sua quarta edição e é realizada pelo Sesc de Piedade. São oferecidas diversas atividades culturais gratuitas e abertas ao público.

O palco Cinema contará com apresentações nos dias 18 e 21 de setembro. Além da exibição de filmes, professores da FG irão mediar debates. “Os assuntos são voltados para a responsabilidade social e a relação com a sociedade indígena. A ação faz parte das atividades de extensão oferecidas pela instituição e está dentro da linha educacional do centro universitário, que busca promover sempre ações culturais que estimulem a reflexão”, destaca Leonardo Gomes, coordenador dos cursos de comunicação da FG.

No dia 18, primeiro dia de exibição, a partir das 9h, serão apresentados “Fotográfica” (Tila Chitunda) e “Divas negras no cinema brasileiro” (Vik Birkbeck). Haverá a roda de diálogo sobre “Narrativas que perpetuam o racismo: papéis refletidos”, com Tila Chituanda e Nana Sodré. No dia 21, pela manhã, a sessão traz “Calma, Monga, Calma” (Petrônio de Lorena), “Praça Walt Disney” (Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira) e “Homens caranguejos” (Paulo de Andrade). O debate colocará em pauta o tema “Cinema recifense: olhando minha aldeia e projetando-a para o mundo”. À noite, a partir das 19h, tem “Ihiato – narrativas dos anciãos Fulni-ô” (Elvis Ferreira) e “O mestre e o divino” (Tiago Campos Torres), com debate sobre “Do, no e para: cinema indígena como multiação”.

Projeto Yapoatan – Com programação descentralizada em 12 palcos espalhados pela cidade de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, a iniciativa está em sua quarta edição e explora o tema “Ancestralidade, desdobramentos e contextos contemporâneos”. Durante os 10 dias de atividades, de 15 a 24 de setembro, serão realizados 70 espetáculos de teatro, música, dança e circo, além de oficinas, cursos, mesas de conversa e um seminário sobre políticas públicas. A expectativa é a de que cem mil pessoas participem das atividades, que possuem caráter artístico e pedagógico.
Confira a programação completa: https://sescpe.org.br/hotsites/2017/aldeia-yapoatan/programacao.php.